Pular para o conteúdo principal

Robôs já são parte do nosso dia a dia

Robôs já são parte do nosso dia a dia

Colunista do site na temática Tecnologia, Cristiano Silveira dos Santos fala sobre inteligência artificial e o impacto na nossa sociedade

A Tecnologia move o mundo. Frase simples, mas emblemática do Sr. Steve Jobs, um inovador bem conhecido pelos amantes da tecnologia. Como você usaria a inteligência artificial no seu dia a dia? (leia o texto até o final e responda!)

Foto: Reprodução Universia Knowledge / Universia Knowledge

A inteligência artificial está presente cada vez mais no nosso dia a dia. Muitas vezes, nem percebemos que essa tecnologia está em nossas vidas quando interagimos nas redes sociais, quando falamos com atendentes de empresas pelo Facebook ou em atendimentos em lojas físicas, quando jogamos (nos games, cada vez mais natural e interativo) e até mesmo nos automóveis.

O que impressiona é o avanço dessa tecnologia, que não é tão nova assim (experimentada ainda na década de 50), e agora, com a ajuda da internet,dá passos bem largos. É claro que ainda estamos no início das descobertas de seu uso, mas com a velocidade do desenvolvimento ainda temos dificuldades de perceber todo o seu potencial e entender para onde vai evoluir.

Um exemplo disso tudo são os chatbots, robôs que têm a capacidade de conversar por texto com humanos. Segundo o Facebook, mais de 11 mil deles estão sendo usados no Messenger.


Ainda no ano passado, em um evento em São Paulo, conheci o Dmitry Dumik, fundador e diretor da empresa Chatfuel, com sede em São Francisco, na Califórnia. Essa empresa está revolucionando o mundo dos chats de atendimento, onde nós mesmos podemos criar nossos chatbots, em apenas 7 minutos, mesmo sem saber programar e, o melhor, sem custo. Segundo o Dmitry, a empresa já estava com mais de 220 mil robôs na sua plataforma, espalhados por todo o mundo.

Nessa moda dos chatbots, o próprio Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, afirma que em breve poderemos fazer tudo usando a rede social. Interagindo diretamente com os robôs nos atendimentos, poderemos cancelar assinatura de TV a cabo, pedir pizza, comprar passagens aéreas, transferir dinheiro, reservar uma mesa no restaurante e por aí vai. Detalhe, usando apenas um comando de voz ou texto, o nosso próprio Messenger fará tudo sem perdermos tempo com a parte operacional.

Outra aplicação bastante utilizada da inteligência artificial está na indústria. Com a robotização cada vez maior das máquinas, a produtividade vem aumentando, e os níveis de acidentes, diminuindo drasticamente. Em contrapartida, o debate sobre o impacto dessa tecnologia no mercado de trabalho segue aquecendo.

Ainda na semana passada, apareceu um vídeo na internet da empresa americana Boston Dynamics, comprada pelo Google e especializada no desenvolvimento de robôs autômatos, apresentando o robô chamado Handle. Esse robô impressionou muito por sua capacidade de saltar um obstáculo, mesmo estando em movimento e com equilíbrio perfeito. Você pode conferir esse e os outros robôs dessa empresa no vídeo abaixo:


Sem dúvida, a inteligência artificial vai impactar no modo como vivemos, nosso dia a dia, na invenção de novos modelos de negócios. Segundo o professor da Universidade de Stanford e cientista chefe da empresa Baidu, Andrew Ng, a inteligência artificial está para os tempos atuais como a eletricidade esteve no passado, onde seu primeiro uso foi em lâmpadas e, com o avançar dos anos, infinitas aplicações foram descobertas.

Abraço e sucesso,

Cristiano Silveira

Publicada originalmente na coluna Tecnologia do jornal de Diário de Santa Maria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quer pagar como?

Colunista Cristiano Silveira comenta sobre a funcionalidade dos celulares para realizar pagamentos E aí, quer pagar como? Sim, uma pergunta desse tipo está cada vez mais comum no dia-a-dia. Antigamente, dinheiro e cheque estavam resolvendo. Aí veio a tal da tecnologia e acelerou tudo.  Sim, acelerou mesmo. Depois com a chegada dos cartões, crédito ou débito, ficou muito mais prático. Só colocar o cartão, digitar a senha e pronto! Não precisava mais carregar dinheiro ou cheque. Mas a tecnologia resolveu ajudar mais um pouco e então resolveram agregar acessórios e outras tecnologias, que inventaram as pulseiras ou até mesmo cartões que realizam o pagamento somente aproximando das maquininhas. Mas se deram conta de uma coisa: por que precisa carregar um cartão de crédito ou débito, se carrego o celular para todo o lugar? Pronto. Criaram os apps que armazenam os dados do seu cartão e servem como carteiras virtuais, onde você começa a pagar apenas aproximando o celular das maqu

3 tendências da tecnologia para 2020

*Texto publicado originalmente na coluna Tecnologia, do jornal Diário de Santa Maria, dia 25.02.2020 E aí, pessoal?! Estão curtindo o carnaval? Festa e agito, ou sofá e Netflix? Mas relaxa, a gente aproveita o carnaval como achar melhor. E falando em aproveitar, já que estamos prestes a iniciar o ano para valer, quero aproveitar para trazer para você as tendências da área de tecnologia que vão impactar a sua vida, seja pessoal, profissional ou social. Foto: Brasil de Fato São inúmeras as tecnologias que vão crescer esse ano, mas resolvi trazer aqui apenas 3 que considero bem importantes destacar. Essa observação foi dada pelo mestre Mauricio Benvenutti, sócio da  StartSe .  Ele mora no Vale do Silício, nos Estados Unidos, e em uma visita ao Brasil, ele comentou sobre as 3 tendências de tecnologia que estão mexendo com o Vale. A primeira, que está se disseminando muito rápido e que promete uma mega tendência em médio e longo prazo chama-se "Voice first". Nada ma

Novas linhas para os carros do futuro?

Colunista Cristiano Silveira comenta sobre o Tesla Cybertruck Semana passada foi marcada por uma novidade e tanto no mercado automobilístico. A chegada do novo carro da fabricante Tesla, a Cybertruck .  Logo de cara, o que mais chama a atenção no carro é o design. De ousado a horroroso, as pessoas não economizaram críticas e elogios ao novo modelo.  E o que você acha?  Foto: Tesla (divulgação) Mas quando se trata de criar carros, a Tesla não está para brincadeira. Eles criaram um carro ultra resistente, mais rápido que um Porsche 911 e mais forte que uma Ford F-150. Segundo o site de vendas da própria  Tesla , onde você pode customizar o seu pedido, existem três tipos de motorização: Single Motor RWD; Dual Motor AWD; e Tri Motor AWD, com autonomia de 250 milhas (402km), 300 milhas (482km) e 500 milhas (804km) respectivamente. Lembrando que a Cybertruck é 100% elétrica, não usa combustível fóssil.  Além da motorização, na customização do seu pedido, você pode acrescenta